Esportes
Typography
Após se envolver em uma polêmica com a torcida do Cacique do Vale, Fred Gomes, não é mais diretor executivo de futebol do Guarany de Sobral.

A decisão foi tomada em uma reunião realizada pela diretoria durante a noite desta sexta-feira (29). Conforme informação adiantada pelo Sobral Portal de Notícias na manhã de hoje, o presidente Mauro Fuzaro não tolerou a atitude do administrador, que sofreu punição máxima, a demissão.

Faltando menos de uma semana para o jogo de volta contra o Fortaleza, na quarta-feira (3), às 21:30, na Arena Castelão, a diretoria do clube já busca um novo nome para o cargo. Entre a torcida surgem os nomes de Junior Cearense e Filinto Holanda, dois ex-treinadores  do bugre.

Junior Cearense já esteve no cargo em 2014 e atualmente está sem clube. Já Filinto Holanda, que subiu a equipe da segunda para a primeira divisão no ano passado, atualmente é diretor executivo de futebol do Caldas/GO, que irá disputar a terceira divisão goiana.

Através de sua conta oficial no instagram, o clube agradeceu os serviços prestados por Fred Gomes. Confira a nota divulgada pelo clube:

 
 

A torcida do clube também publicou uma nota. O texto é de agradecimento ao grupo gestor pela decisão tomada e cobra a "identificação do jogador que aparece nos vídeos desferindo palavras discriminatórias".

Confira abaixo:

"NOTA DE APOIO E AGRADECIMENTO
Manifestamos nosso total apoio a Diretoria do Guarany Sporting Club, ao Exmo. Dr. Oscar Rodrigues e ao Centro Universitário Uninta, Patrocinador Master do maior clube de futebol do interior do estado, que em decisão unânime, optou pela demissão do Diretor Executivo Fred Gomes, autor das frases criminosas contra nossa torcida durante a linda recepção a qual fizemos antes da primeira partida das semifinais do estadual.

Ressaltamos também que ainda aguardamos a identificação do jogador que aparece nos vídeos desferindo palavras discriminatórias.

Viemos aqui também nos solidarizar com o motorista que conduzia o ônibus, que foi covardemente assediado pelo agora ex-diretor, queremos levá-lo uma palavra de conforto, pois nenhum trabalhador deve ser tratado daquela maneira.
As torcidas organizadas do clube e o grupo de organizadores do “corredor de fogo” enfatizam seu apoio aos jogadores, pedimos que eles concentrem-se no próximo jogo, que honrem nossas cores, a camisa do Guarany de Sobral, pelas suas famílias, pelo que o Guarany representa, pelo profissionalismo e pela nossa torcida que confia veementemente e deposita total confiança.

Qualquer clube de futebol tem como seu maior e indiscutível patrimônio, sua torcida e no Guarany não é diferente, sempre prezamos pelo apoio incondicional ao clube, pois ele é maior do que qualquer CPF e diante das declarações injustificáveis e execráveis do ex-diretor, pedimos a sua saída do clube através de sua renúncia, porém a diretoria reuniu-se e foi além das expectativas do torcedor sobralense, demitindo-o e reafirmando seu compromisso com a Instituição Guarany Sporting Club/UNINTA e com a torcida sobralense, magoada pelas palavras pífias e irresponsáveis.

Como sempre estivemos juntos, mesmo nos piores momentos, nunca abandonamos o que amamos, reafirmamos o nosso compromisso de sempre defender o Guarany e as propostas que a nova gestão tem nos trazido. Diante de muitas novas perspectivas, o nosso obrigado a Diretoria, ao Dr. Oscar e ao Centro Universitário UNINTA.

Reconhecemos a importância de estarmos juntos e agora mais do que nunca essa união se fortalecerá, pois nós nascemos para defender o Guarany, nós Somos o Guarany.

Assina esta carta aberta:

Grupo Organizador do “Corredor de Fogo”
Guara-Chopp
Movimento Bora guará
G. R. T. O. Força Jovem Guarany"



Reportagem de Thales Menezes / Sobral Portal de Notícias
BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS