Educadora 950

Educadora 950

 A Rádio da Família Cristã

Avenidas Pimentel Gomes e Monsenhor Aloísio Pinto passarão por obras. Ao todo serão investidos R$ 1.700.000,00 do Governo do Ceará

As ordens de serviço para requalificação viária e sinalização das avenidas Pimentel Gomes e Monsenhor Aloísio Pinto foram assinadas na pelo prefeito Ivo Gomes e o secretário chefe da Casa Civil do Governo do Estado, Nelson Martins, na manhã da quarta-feira, 27. O serviço já foi iniciado e a expectativa é de que as obras sejam concluídas em 90 dias.

Ao todo serão investidos R$ 1.700.000,00 do Governo do Ceará, por meio do Programa Sinaliza, executado pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran), órgão vinculado à Secretaria das Cidades, em parceria com a prefeitura de Sobral.

“Esse projeto atende todo o Estado e o valor do investimento é proporcional à população de cada município. Aqui em Sobral serão 50 mil metros quadrados de asfalto, além da sinalização vertical e horizontal das vias”, explicou Nelson Martins.

De acordo com o prefeito Ivo Gomes, o critério utilizado para escolha das avenidas beneficiadas foi a quantidade de veículos que passam por elas. “Como a Prefeitura já tem essa ação nos bairros, a gente optou por utilizar esse recurso em duas grandes avenidas que possuem um grande fluxo de veículos, inclusive de veículos pesados e de transporte coletivo”, justificou o prefeito.

Quarta, 04 Julho 2018 13:37

Sobral comemora 245 anos

Situada na região Norte do Ceará, a 235 quilômetros de Fortaleza, a cidade de Sobral se apresenta como o mais significativo referencial de crescimento e desenvolvimento econômico do interior do Estado

“Sobral, cidade abençoada, morena muito queimada por este sol tropical…” O hino extra-oficial que exalta as belezas e o “porte real” da princesinha do Norte, também esconde os mistérios da cidade que mais cresce na zona norte do Estado. Sobral celebra 245 anos de fundação na próxima quinta-feira, 5 de julho.

Situada na região Norte do Ceará, a 235 quilômetros de Fortaleza, a cidade de Sobral se apresenta como o mais significativo referencial de crescimento e desenvolvimento econômico do interior do Estado, constituindo-se num centro de convergência, por sua ampla e moderna estrutura nos setores da saúde, educação, comércio, indústria, serviços, lazer, cultura e arte.

Com uma população de 205.529 habitantes é o quinto município mais povoado do estado e o segundo maior do interior. possui uma taxa de urbanização de 88,35%. Sobral é o segundo município mais desenvolvido do estado do Ceará, atrás apenas de Fortaleza, de acordo com o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano). Também é líder em trabalhadores com carteira assinada no interior do Ceará e possui a quarta maior arrecadação em ICMS do Estado, atrás de Fortaleza, Maracanaú e Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza. O município também é destaque nas exportações, sendo o único município do interior que compete com a Capital a liderança nas exportações do Estado. A cidade de Sobral é considerada, de acordo com o IBGE, uma Capital Regional.

Inserida no rol das cidades que mais se desenvolveram no Brasil, nos últimos 10 anos, e também uma das 30 melhores para se morar, Sobral se orgulha de sua história e de sua gente; de seus encantos exaltados em prosa e verso; do seu rumo certo, do novo jeito de ser, e por estar cada vez melhor.

Sobral vem experimentando um forte processo de modernização em sua estrutura econômica. Há 50 anos, a cidade era o mais importante pólo comercial do norte do Estado. Na segunda metade do século XIX o desenvolvimento de Sobral chegou a superar o de Fortaleza. O progresso da cidade se firmou a partir da instalação de indústrias e de um vigoroso sistema educacional e de prestação de serviços de saúde.

Arquitetura

Temos em Sobral, cinco grandes grupos, digamos assim, arquitetônicos: o primeiro é o da Praça São João, em torno da Praça; o segundo é o trecho que vai da Igreja das Dores até a Igreja do Rosário, pegando a rua Ernesto Deocleciano. O terceiro, o conjunto de casas em estilo Art. Noveau da Praça João Pessoa; o quarto, o trecho que vai do Arco de Nossa Senhora de Fátima até a Praça Dr. José Sabóia (antiga Coluna da Hora). O quinto são as casas e monumentos isolados (O Patronato, chamado Outão Enobrecido; uma casa ao lado da loja Odésio Cunha; o Colégio Sant’ana; o sobradinho da Casa Samuel, na rua Ernesto Deocleciano; o prédio do Radier; e o Teatro São João).

Dentre as valiosas edificações contemporâneas da Instalação da Vila em 1773, podemos citar a que pertenceu ao Capitão-Mor José de Xerez Furna Uchoa – introdutor da cultura do café no Ceará – localizada na Praça da Sé. O mais antigo sobrado da cidade ou mesmo do Estado, datado de 1814, é o que foi construído pelo Coronel Inácio Gomes Parente, então chefe político em Sobral e deputado à Corte Constituinte de Lisboa, hoje quase totalmente destruído.

Entre as igrejas remanescentes do antigo conjunto arquitetônico de Sobral, podemos destacar: Igreja da Sé ou Catedral; Igreja Nossa Senhora do Patrocínio; Igreja dos Pretinhos de Nossa Senhora do Rosário – construída por escravos; a Igreja do Menino Deus – erguida por duas irmãs Carmelitas no começo do Século passado; Igreja de Nossa Senhora das Dores; Igreja de São José – do Sumaré; Igreja de São Francisco.

Com uma intensa programação que contempla rodas de conversa com diversos públicos, cine debates e oficinas, a Semana Municipal de Prevenção ao Uso Abusivo de Álcool e Outras Drogas de Sobral traz o VII Seminário no dia 28 de junho com o tema “Fortalecer estratégias de prevenção ao uso abusivo: garantir o acesso, atendimento e direitos”. Desde o começo do mês, estão sendo realizadas ações em parceria com várias instituições para discutir a problemática. No entanto, a programação principal da semana será de 25 a 29 de junho.

A iniciativa é encabeçada pelo Conselho Municipal de Políticas Públicas Sobre Drogas de Sobral (COMAD) e a Coordenadoria de Políticas Sobre Drogas da Secretaria da Saúde de Sobral (CPD) em parceria com diversas instituições como Casa Belém, Lar de Ester, Fazenda Esperança, Instituto Teias da Juventude (ITJ), Secretaria de Educação, Comunidade Shalom, Programa Saúde nas Escolas (PSE), CAPS AD, Residentes em Saúde Mental dentre outros.

“O objetivo é atender a todos os públicos de jovens, adolescentes e adultos em diversos grupos”, ressalta o Gerente da Coordenadoria de Políticas Sobre Drogas (CPD), Zezinho do Sumaré. O VII Seminário Municipal de Uso Abusivo de Álcool e outras Drogas contará com a presença do prefeito de Sobral, Ivo Gomes, da Vice-prefeita de Sobral, Christianne Coelho, do Secretário Estadual de Políticas Sobre Drogas do Governo do Estado do Ceará, Will Almeida, do Presidente da Câmara de Vereadores de Sobral, Paulo Vasconcelos, do Secretário da Saúde de Sobral, Dr. Gerardo Cristino, do Presidente do COMAD, Chiquinho Silva, da Coordenadora da CPD, Claudine Aguiar e do Gerente da CPD, Zezinho do Sumaré.

Prevenção

Informação é um dos principais fatores de prevenção ao uso abusivo de drogas, de acordo com Zezinho do Sumaré. “Um dos principais princípios da prevenção é a informação relacionada aos efeitos sobre as drogas, quais danos provocados na saúde, na vida familiar e comunidade. Outra medida importante de prevenção ao uso abusivo de álcool e outras drogas é a aproximação com os adolescentes criando vínculos e aproximando eles e suas famílias a estratégias realizadas pelos diversos segmentos como a saúde, educação, cultura, assistência social e direitos humanos. O tema resgata exatamente a importância da continuidade de ações promotoras de prevenção ao uso abusivo de substância e o direito ao acesso aos serviços de proteção e cuidado”, garante.

As ações de prevenção ocorrem ao longo do ano, de acordo com Zezinho. “A Coordenadoria de Políticas Sobre Drogas tem como missão coordenar a política municipal sobre drogas, construindo ações intersetoriais na perspectiva da prevenção, tratamento, reinserção social, redução de danos a saúde e social, direitos humanos e cidadania, estudos, pesquisas e avaliações para a promoção da atenção integral a usuários, familiares e rede social envolvida”, avalia. Entre as diretrizes estão a ampliação da oferta de serviços, criação e fortalecimento das ações de prevenção já existentes e construção de novas propostas de prevenção; capacitação profissional para o desenvolvimento de competências no âmbito da abordagem ao usuário de substâncias; articulação para a realização de projetos de reinserção social; apoio integral aos usuários de álcool, crack e outras drogas e seus familiares.

Ação concreta

A Comunidade Shalom está promovendo dentro da Semana a Campanha Vida Melhor Não Há. “O principal objetivo é conscientizar, formar e ajudar os jovens que entraram no mundo das drogas a sair”, avalia o coordenador da Promoção Humana Shalom em Sobral, José Ricardo dos Santos. De acordo com ele, a Campanha contempla ainda outros males que podem acometer a juventude, como o suicídio, a mutilação  e o aborto. Há visitas a escolas, debates, palestras e momentos de espiritualidade com missas e Seminário de Vida no Espírito Santo. A expectativa é alcançar 5 mil pessoas.

O padre explica por quê, sob seu ponto de vista, aumentou o número de pessoas que não creem em Deus no Brasil: "Porque elas estão muito vazias, superficiais, e ainda na ilusão de que o consumir, a liberdade sem consequências trará felicidade. Eu diria que o ateísmo é mais aparente do que de verdade. Eu desafio uma pessoa, depois de uma notícia de câncer, me dizer que é ateu. Hoje é um pouco de moda dizer que é ateu. Na verdade, ele está negando uma religião, mas ele não está negando a existência de Deus". 

Fonte: Super Pop

 

 

Emissora está no meio radiofônico desde o ano de 1959, educando, evangelizando e informando a população da Zona Norte do Ceará.

A emissora foi a segunda a ser implantada na cidade de Sobral. Foi criada por Mons. Sabino Guimarães Loyola. O intuito de Mons. Sabino era que a emissora fosse voltada para a da educação e para assuntos voltados para a Igreja Católica.

Fundada no dia 21 de junho de 1959, com uma grande festa que aconteceu no extinto Cine Rangel. Dia festivo para a sociedade sobralense. Neste dia várias personalidades estiveram presentes, dentre elas o governador do estado do Ceará naquele período; Parsifal Barroso. Mons. Sabino Loyola esteve sobre o comando da Rádio desde sua fundação e no ano de 1970 passou a ser administrada pela Diocese de Sobral. As escolas radiofônicas funcionavam com rádios cativos, que tinham como única programação a Educadora, dentro das salas de aula. As aulas eram transmitidas diretamente dos estúdios da emissora.

O Studio da emissora funcionou durante bom tempo em um prédio localizado na Avenida Dom José, prédio localizado em frente ao Colégio Sant’Ana, durante sua transição para a Diocese também ficou instalada por um tempo no Museu Dom José. Hoje a Rádio Educadora tem seu Studio instalado dentro do complexo da Cúria Diocesana. Atualmente, a emissora possui um transmissor de 6 kW, Studio equipado e leva aos seus ouvintes uma programação evangelizadora, informativa e educativa, a Rádio Educadora destaca-se como umas das mais ouvidas na região norte do estado.

Uma novidade que a Educadora vai trazer para seus ouvintes é a mudança de suas ondas que atualmente são AM(Amplitude Modulada) para as ondas FM(Frequência modulada). Como a AM possui uma qualidade de som inferior a da FM, ao longo dos anos a “FM” vem sendo mais utilizada. A AM vem sofrendo com  interferência de aparelhos como celulares, computadores, passando assim a comprometer a recepção do sinal. Buscando sempre a qualidade a Educadora está em fase de transição para as ondas FM.

José Alberto Lopes Pereira – Sonoplasta da Educadora

Conhecido como J.Alberto ele é um dos funcionários mais antigos da emissora, tendo em sua bagagem 39 anos de Rádio Educadora do Nordeste. Natural de Viçosa do Ceará, antes de ingressar no meio radiofônico trabalhava como minerador. Seu trabalho na emissora foi iniciado ainda jovem e foi o seu primeiro trabalho com carteira assinada, trabalhando no transmissor da rádio a convite do Padre Egberto que era na época o Diretor da Rádio, J.Alberto conta que durante 5 anos trabalhou no transmissor e em seguida foi convidado a ser operador de áudio na emissora, participando do primeiro curso para locutores e sonoplastas da cidade de Sobral.

Palavras de J.Alberto:

A importância da Educadora para minha vida, foi não somente o sustento para a minha família, mas também os amigos que fiz ao longo desses 39 anos e do aprendizado que obtenho no meu dia a dia.

Prédio possui 24 apartamentos em três pavimentos. O investimento na adequação do equipamento foi de R$ 5,4 milhões custeados pelo Governo do Estado

A estudante do 5º semestre do curso de química da Universidade Vale do Acaraú (UVA), Deiviane Albuquerque, 22, enfrentava uma rotina intensa para participar das aulas e atividades complementares. Ela precisava sair da cidade de Graça, a cerca de 70 km de Sobral, às 5h30, e após as aulas à noite, retornava apenas às 23h. Agora a estudante faz parte do grupo de 200 alunos selecionados para a Residência Universitária (ReU) da UVA. “Chegava em casa só o bagaço e era muito difícil estudar. Agora na residência temos mais segurança, conforto e vai possibilitar estudar mais”, garante.

A nova Residência Universitária, demanda antiga dos estudantes, foi inaugurada na quarta-feira, 20. O prédio possui 24 apartamentos mobiliados em três pavimentos, localizado na Rua Larisman Torquato, nº 88, no Bairro Coração de Jesus. O investimento na adequação do empreendimento foi de R$ 5,4 milhões custeados pelo Governo do Estado. O custeio mensal da residência e do restaurante universitário alcançam um montante de R$ 3,2 milhões.

A cerimônia de inauguração contou com a presença da vice-governadora Izolda Cela, representando o Governador Camilo Santana. Também participaram o prefeito de Sobral, Ivo Ferreira Gomes, o deputado estadual, Leônidas Cristino, além do reitor da UVA, Fabianno Cavalcante de Carvalho.

Assistência estudantil

O equipamento integra o Programa de Assistência Estudantil do Governo do Ceará e tem como objetivo o apoio à permanência e desempenho acadêmico de alunos da UVA. Os estudantes selecionados para a residência participaram de um edital que levou em consideração aspectos sociais, como renda familiar abaixo de um salário mínimo, e distância superior a 40 km entre o município de origem e a Universidade. Os estudantes também deverão ter boas notas para se manter na residência e um comportamento que se adeque ao regimento interno. O reitor da UVA, professor Fabianno Carvalho, lembra que 47% dos cerca de 9 mil alunos de graduação da Universidade são de famílias com renda abaixo de um salário mínimo. “É um importante equipamento que, junto ao restaurante universitário, vai dar suporte à permanência dos alunos na Universidade”, ressalta.

Fabianno Carvalho lembra que os estudantes residentes poderão fazer as 3 refeições principais no Restaurante Universitário a um custo total de R$ 2,5. “Queremos dar oportunidades para que as pessoas carentes possam realizar seu curso superior na universidade pública”, garante.

A UVA é referência em ensino superior no Estado e demonstra uma preocupação com a qualidade do ensino e com a manutenção dos estudantes em sala de aula, de acordo com o prefeito Ivo Gomes. “A UVA com sua envergadura demonstra uma preocupação em expandir a oferta de vagas, garantir qualidade e efetiva permanência dos estudantes na Universidade”, destaca. De acordo com ele, evasão sempre mostra falta de apoio e incentivo. Ele lembrou que para os estudantes com baixa renda de Sobral, a prefeitura está com edital aberto para conceder Bolsa Universidade de R$ 400.

“Ações para garantir acesso e permanência no processo de formação acadêmica devem sempre ser prioridade mesmo em tempos de crise como o que estamos vivendo”, ressalta a vice-governadora Izolda Cela. A residência demonstra “respeito e incentivo à educação de qualidade e tranquilidade para estudar”, de acordo com o deputado estadual Leônidas Cristino.

Alunos e professores cordimarianos, nossos parabéns para vocês que lutaram honestamente, enfrentaram várias dificuldades, superaram inúmeros obstáculos. Vocês jamais desistiram e através de um percurso que nem sempre foi favorável, conseguiram conquistar o tão merecido sucesso no projeto de Dessalinização Da Água. Nossos parabéns!
Ninguém mais que vocês merecem estar vivendo esse momento. Vocês são exemplos de como persistir compensa, assim como ser competente e profissional. Saibam que os admiramos em todos os aspectos e lhes desejamos mais sucesso.

Todos merecem nosso respeito e gratidão, pois foram pertinazes, dignos da mais profunda admiração pela forma incansável com a qual se dedicaram para a apresentação desse projeto em outro país (Nova Iorque).

Não poderíamos deixar de lhes prestar nossas homenagens neste dia tão especial. Somos gratos por termos certeza que ainda há pessoas como vocês, que lutam em prol de uma vida melhor com progresso. Obrigado por ter representado tão bem o Colégio Virgem Poderosa na feira Genius Olympiad.

Ele foi um dos convidados do 'Programa Eliana' do último domingo, 24, do SBT

No último domingo, 24, padre Fábio de Melo foi um dos convidados do Programa Eliana, do SBT. Antes de a atração ir ao ar, ele fez um vídeo bem-humorado anunciando sua participação, e brincou com o fato de a Record TV, emissora de Edir Macedo, não permitir padres em sua programação.

"Oi gente, sou Cleberson Carlos, sou assessor de comunicação do Fábio de Melo. Ele pediu para eu avisar vocês que ele vai estar no Programa Eliana, disse que é pra vocês assistirem ele. O programa onde é? Na Record? Ah, não, na Record não pode não, né? Eles não deixam não", disse o padre em vídeo publicado no Instagram. 

 

 O vídeo ganhou centenas de comentários, incluindo o de Eliana, que brincou: "Na Record não pode... ai padre, você é demais!". Outra pessoa que comentou foi Xuxa, que tem um programa na Record TV: "Na Record sou eu, padre. Sou eu, irmã gracinha!".

 Xuxa comentou em publicação de Padre Fábio de Melo. 

Fonte:  ESTADÃO

REDAÇÃO - O ESTADO DE S.PAULO

 

Patrícia Silva

Setor de Comunicação Regional Ne 1

A primeira reunião de 2018 do Conselho Episcopal Regional (CONSER) da CNBB Nordeste 1 teve início na segunda- feira, dia 25 de junho, pela manhã, no Palácio da Abolição, em Fortaleza, onde os bispos das dioceses do Ceará se reuniram com o governador Camilo Santana. A pauta principal foi a análise das propostas apresentadas, pela conferência, no documento sobre Segurança Pública no Estado.

Essa temática já foi discutida em outro encontro com o governador, mas dois motivos fizeram os bispos retomarem essa discussão: o tema da Campanha da Fraternidade 2018, que fala sobre superação da violência, e o agravamento desse cenário no Estado. “Queremos com isso colaborar para a paz e a justiça no nosso Estado, não só levantando questões, mas também apresentando propostas de encaminhamentos e soluções”, justificou o secretário da CNBB Regional, dom Antônio Cavuto.

As propostas giraram em torno da promoção e respeito aos direitos humanos no centro da concepção de uma segurança cidadã, com fortalecimento e ampliação de formas de participação e controle social; prioridade absoluta de crianças, adolescentes e jovens e combate a todas as formas de opressão (racismo, lgbtfobia e violência de gênero); fim do encarceramento em massa, da degradação da vida nas prisões e reformulação dos centros educacionais; e, o desarmamento, controle de armas, tendo em vista um sistema criminal mais eficiente.

À medida que era lido cada tópico das propostas, o governador, com seus secretários, esclarecia o que já havia sido feito, apresentando também os projetos que estão em execução.

A reunião, que foi concluída no início da tarde e contou também com a participação dos assessores da CNBB no Ceará e da irmã Rosália Alencar Alves, secretária executiva do regional, foi o primeiro momento do Conser que deve se estender até a próxima quinta- feira, ao meio dia.

Encaminhamentos

Após dialogarem sobre as propostas, o governador apresentou alguns encaminhamentos elaborados a partir das demandas e partilhas das realidades de cada diocese. Foram eles:

1- Ampliar parcerias com instituições/ entidades de recuperação de dependentes químicos;

2- Situação dos empreendimentos “Minha casa, minha vida”;

3- Construção do presídio de Crateús;

4- Ampliação das vagas do Programa de Proteção;

5- Realização da Conferência Estadual de Segurança Pública Descentralizada;

6- Relatório de homicídio de adolescentes;

7- Convidar o prefeito de Fortaleza e o presidente da APRECE (Associação dos Municípios do Estado do Ceará) para participarem das próximas reuniões com os bispos;

8- Inserir a presença do Secretário da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social nas reuniões mensais do Ceará de Paz;

9- Realização das Campanhas: CNBB, desarmamento.

Para dom Cavuto, o resultado desse encontro com o governador do Estado foi muito positivo. “A gente nota que, por parte do governador e seus secretários, há boa vontade de nos ouvir e considerar essas propostas. É muito bom a gente sentir que há o desejo do governo de uma colaboração nossa, como Igreja, tendo em vista o bem do nosso povo. Esse é o nosso interesse, promover tudo aquilo que vá proporcionar melhores condições de vida para nossa população já tão sofrida”, disse.

Igreja e Poder Público

A ligação entre Igreja e Poder Público é vista, pelo governador Camilo Santana, como uma relação importante para o bom andamento da sociedade.

“Pra mim é muito importante ouvir as reclamações, as demandas, as sugestões da Igreja aqui no Ceará. Nós criamos esse ambiente para nos reunir, discutir. Pra mim é importante para o governo, para a equipe do governo, pra mim enquanto governador essa aproximação da Igreja Católica com o governo pra que a gente possa construir ações conjuntas e nos fortalecer principalmente nos desafios de enfrentamento dos problemas do Ceará”, disse Camilo.

O Conser acontece semestralmente e, desde 2016, o primeiro dia do encontro tem tido como pauta a reunião com o governador.

Portadores de uma doença renal progressiva, os irmãos Raimundo, de 57 anos, e Antônio Rodrigues de Abreu, de 51, receberam transplante de rins de um mesmo doador, no mesmo dia. O fato é incomum, de acordo com a médica Paula Fernandes, chefe da Unidade do Sistema Urinário do Hospital Universitário Walter Cantídio, da Universidade Federal do Ceará (UFC).

"Essa é uma situação muito rara no mundo e foi a primeira vez que isso aconteceu no hospital. A equipe ficou bastante motivada para que os dois pudessem ser operados no mesmo dia e torcendo para dar certo", diz.

A seleção dos pacientes que vão receber transplante respeita uma lista de espera e segue critérios de compatibilidade. Um deles é o antígeno leucocitário humano (HLA). A chance de dois irmãos terem o HLA idêntico é de 25%, e esse foi o caso dos dois, que também eram compatíveis com o doador.

Qualquer célula exibindo algum tipo de antígeno leucocitário humano que não parece próprio do indivíduo é percebido como um invasor pelo sistema imunológico do corpo, resultando na rejeição do transplante do tecido que possui essas células. Assim, verificar a compatibilidade HLA é essencial para que um transplante de órgãos seja bem-sucedido.

 

'Parecia que tinha ganhado na loteria'

 

Os irmãos sofrem de uma doença renal progressiva, a nefropatia diabética. Raimundo já se preparava para receber o transplante há cinco anos, e Antônio, há quatro. Eles moravam em Manaus, em Amazonas, quando receberam a notícia da necessidade do transplante. Há um ano vieram para Fortaleza em busca de oportunidade em realizar o procedimento.

Às 2h30 do dia 23 de maio deste ano, Raimundo recebeu uma ligação do hospital comunicando que um doador compatível havia aparecido e que ele era o próximo na fila de espera. Algumas horas depois, o irmão, Antônio, recebeu ligação semelhante.

“Eu conheço pessoas que foram chamadas 24 vezes e não estavam preparadas. Não fiquei muito confiante. A ficha não caiu. Não acreditei”, diz Antônio.

Após fazer os exames, Antônio foi o primeiro a ser encaminhado para a cirurgia. Algumas horas depois, foi a vez de Raimundo. Cirurgias bem-sucedidas, os dois dividiram também o quarto no período de recuperação.

“Depois que eu acordei da cirurgia, senti aquela felicidade, aquela alegria, aquela vontade de chorar. Parecia que eu tinha ganhado na loteria”, resume Antônio.

Oito dias depois, os irmãos receberam alta hospitalar. Os dois têm planos de voltar a Manaus para reencontrar o restante da família, quando estiverem completamente recuperados e receberem a autorização para isso. “Eu só faço o que o médico manda”, diz Raimundo. Os irmãos também têm planos de viajar pelo Brasil e para o exterior.

 

Transplantes

 

De acordo com a chefe da Unidade do Sistema Urinário do Hospital Universitário Walter Cantídio, desde o primeiro procedimento, realizado em agosto de 1977, já foram realizados 1.556 transplantes renais no HUWC. Apenas entre janeiro e maio de 2018, foram 47 procedimentos. O paciente mais antigo tem 40 anos de transplante.

No Hospital Walter Cantídio, a taxa de doação dos pacientes que estão em morte cerebral é acima de 70%. E a taxa de sobrevida no primeiro ano após o transplante supera 95%.

Segundo levantamento da Central de Transplantes do Estado, em 2018 (até 8 de junho), o Ceará já contabiliza 565 transplantes realizados, sendo 327 de córnea, 111 de fígado, 104 de rim, 43 de medula óssea, 13 de coração e dois de pulmão.

Fonte: G1/CE