Diocese

Diocese (217)


Segunda, 09 Julho 2018 10:03

Confira agenda do Padre Fábio de Melo

Escrito por

 

Para os seguidores do Padre, confiram a agenda de shows do mês de julho/18.

Cidade: Brotas

Estado: SP

Local: Cine São José

Início: 20/07/2018 - 21:00

 

Cidade: São João Batista

Estado: SC

Local: Estádio Municipal Cristóvão Reinert dos Santos

Início: 21/07/2018 - 21:00

 

Cidade: Cianorte

Estado: PR

Local: Centro de Eventos Carlos Yoshito Mori

Início: 22/07/2018 - 22:00

 

Fonte: Site oficial do Padre

Bispo diocesano foi nomeado por Papa Francisco no dia 8 de julho de 2015

Redação 
Correio da Semana

A Diocese de Sobral celebra neste mês de julho três anos da nomeação de Dom José Luiz Gomes de Vasconcelos para o episcopado. No dia 8 de julho de 2015, o Papa Francisco nomeou Dom Vasconcelos como 7° bispo da Diocese de Sobral, sucedendo Dom Odelir Magri, transferido para a Diocese de Chapecó, em Santa Catarina, em dezembro de 2014. O bispo diocesano tomou posse no dia 29 de setembro daquele ano, em missa solene campal que reuniu cerca de 8 mil fiéis de toda a Região Norte em frente à Catedral da Sé.

Natural de Garanhus (PE), Dom Vasconcelos, antes de assumir seu episcopado em Sobral, era bispo auxiliar da arquidiocese de Fortaleza, onde passou cerca de três anos. Desde fevereiro de 2015, ocupou o cargo de administrador apostólico da Diocese até a nomeação pelo Papa Francisco no dia 8 de julho. O episcopado de Dom Vasconcelos teve início com a nomeação pelo Santo Padre, o Papa Emérito Bento XVI, como Bispo auxiliar de Fortaleza no dia 21 de março de 2012. Foi sagrado bispo por Dom Fernando José Monteiro Guimarães, Bispo de Garanhuns, em 11 de junho de 2012 e apresentado à Arquidiocese de Fortaleza como Bispo Auxiliar em 6 de julho de 2012.

Em sua homilia de início de ministério, Dom Vasconcelos destacou que sua missão em Sobral é servir a Deus estando sempre à disposição do outro. “Podemos dizer que o mais importante de minha vinda para Sobral é reafirmarmos nossa disposição pessoal de procurar viver unidos a Deus, de nos empenharmos em fazer sua vontade, de nos colocarmos generosamente a serviço da Igreja e de todas as pessoas. Isso sim será relevante e fará a diferença para o aperfeiçoamento de nossa vida e de nossa missão como Igreja”, afirmou na ocasião.

Histórico
Nascido aos aos 12 de maio de 1963, Dom Vasconcelos é filho primogênito de José de Vasconcelos Pontes e Marlene Gomes de Vasconcelos de uma família de seis irmãos. Aos 19 de agosto de 1989, domingo da Assunção de Nossa Senhora foi ordenado diácono na Igreja Matriz de Águas Belas –PE e aos 09 de dezembro de 1989, foi ordenado presbítero, pela imposição das mãos de Dom Tiago Postma na Igreja matriz de Nossa Senhora do Perpetuo Socorro, onde fora batizado.

O bispo diocesano ingressou inicialmente no Seminário Propedêutico em Garanhuns. Em 1984, foi enviado para o Seminário Regional Nordeste II e iniciou o curso de filosofia no Instituto de Teologia do Recife – ITER. No ano seguinte, foi enviado por seu bispo diocesano Dom Tiago Postma para o Seminário Diocesano de Guarulhos (SP). Concluiu o curso de filosofia e Teologia na Faculdade de Teologia Nossa Senhora da Assunção em São Paulo em 1988. Em 2008, como aluno do Pontifício Colégio Pio Brasileiro, obteve o diploma de mestrado em Teologia Patrística e História da Teologia pela Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma e Atestado de Qualificação em Formação Vocacional pela Pontifícia Universidade Salesiana de Roma.

Movimento celebra 50 anos de história no Brasil em 2018. Programação contou com louvor, oração, animação, pregações, além de Santa Missa presidida por Dom Vasconcelos

Uma nova ‘Primavera na Igreja’, como declarou São João Paulo II, a Renovação Carismática Católica no Brasil celebra jubileu de ouro em 2018. Na Diocese de Sobral, o movimento se prepara para vivenciar os 50 anos de história com o Congresso Diocesano da RCC. O evento, realizado nos dias 30 de junho e 1º de julho, no Centro de Convenções, reuniu 600 participantes e 70 voluntários de mais de 15 comunidades de Sobral, além de grupos de oração de várias cidades da Diocese, como Marco e Bela Cruz. Cerca de 80% das cidades da Diocese possuem algum movimento da RCC. A programação contou com momentos de louvor, oração, animação, pregações, além de Santa Missa presidida pelo bispo diocesano Dom José Luiz Gomes de Vasconcelos.

Os participantes refletiram sobre a missão do leigo e puderam estreitar laços de unidade, segundo a coordenadora diocesana da RCC Sobral e fundadora da Comunidade Filhos de Sião, Vanderlucia Menezes. “Superou as expectativas em relação aos momentos de espiritualidade e na abertura de todos os participantes para vivermos a unidade na Diocese. A ideia é estreitarmos os laços e expandir ainda mais o número de grupos de oração na Diocese”, ressalta. A expectativa é abrir 15 novos grupos de oração nos locais ainda a RCC não atua, segundo a coordenadora. Após o Congresso, a RCC na Diocese seguirá com o calendário proposto que também contempla formações bimestrais.

Presidindo santa missa na solenidade de São Pedro e São Paulo, no domingo, 1°, o bispo diocesano Dom José Luiz Gomes de Vasconcelos falou à RCC no Encontro Diocesano. “É uma alegria estar convosco neste Congresso. ‘Eis que estou à porta e bato’, diz Jesus. Pedro e Paulo também eram homens cheios de virtude e de pecados. Por isso, não obstante nossas fraquezas e nossos espinhos na carne, nosso temperamento, nossa infidelidade, Deus não desiste de nós, ele nos ergue”, ressalta.

De forma especial neste ano do Laicato, os leigos são chamados a ser sujeitos da ação evangelizadora, segundo Dom Vasconcelos, que lembra uma fala do Papa Francisco. “O protagonista da Evangelização não são os leigos, não é o Papa, os bispos ou os sacerdotes. O Espírito Santo é o protagonista da evangelização. O Espírito Santo é guia da Igreja e protagonista da ação evangelizadora. Nós somos sujeitos”, completa.

O Congresso também prepara a Diocese para viver o jubileu de 50 anos da RCC no Brasil. “Chegamos a uma maturidade como Renovação Carismática. Não perdemos o fervor inicial, mas após 50 anos já somos capazes de caminhar com as próprias pernas, conseguimos atrair o povo para Deus e a Igreja já nos compreende com nossa alegria, nossa maneira comunicativa de nos expressarmos e a nossa evangelização como leigos”, explica Vanderlucia.

Ouvir as palavras de Dom Vasconcelos dá sempre um novo ânimo na missão, segundo Vanderlucia. “Nosso bispo nos traz uma mensagem de ânimo e um novo impulso para a evangelização, em especial neste ano do laicato. Precisamos sempre ouvir o que Dom Vasconcelos tem a nos dizer porque queremos evangelizar segundo nos orienta a nossa Igreja particular”, avalia.

Também foi apresentada uma capela de papelão que será distribuída entre todos os grupos de oração para celebrar os 50 anos da RCC com um jardim na frente representando que a RCC é a primavera da Igreja e que conta com a imagem de Elena Guerra, apóstola do Espírito Santo, Nossa Senhora Aparecida, já que a RCC é consagrada à padroeira do Brasil.

Participação social

Vivenciar a fé de forma concreta por meio da cidadania e da consciência política é dever de todo cidadão, segundo Éder Machado, do ministério de Fé e Política. “O senhorio de Jesus que vivemos e experimentamos aqui não pode ficar só entre nós, precisamos comunicar e muitas vezes pecamos por omissão. Precisamos ser pessoas vivas e atuantes na sociedade”, ressalta. Ele lembra ainda que o ano do laicato é fundamental para despertar essa consciência.

Éder disse ainda que é preciso termos cristãos presentes nos hospitais, nas escolas e na política. “Também precisamos de gestores cristãos que governam pensando no outro e amando a Deus acima de todas as coisas.” Ele ainda relembrou Dom Bosco, que afirmava ser necessário “formar bons cristãos e honestos cidadãos” e o Papa Francisco que pede uma “Igreja em saída”.

Educação e saúde do município são considerados de alto desenvolvimento. além de Sobral outros destaques na Região Norte são Jijoca de Jericoacoara em 6º lugar, Frecheirinha em 7º, Tianguá em 8º e Varjota em 9º no Estado

Saúde, educação, além de emprego e renda são as três principais áreas que definem os níveis de desenvolvimento de um município. Levando em conta os quesitos, Sobral é avaliada como a segunda cidade mais desenvolvida do Ceará, atrás de Eusébio, e na 146º colocação entre todos os municípios brasileiros. Os dados são do Índice de Desenvolvimento Municipal (IFDM) da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) que traz números relativos a 2016.

O índice geral de Sobral ficou em 0,8355, com educação e saúde considerados de alto desenvolvimento, enquanto emprego e renda de desenvolvimento moderado. Houve um avanço em relação a 2015, quando Sobral ocupava a 3ª posição estadual (atrás de São Gonçalo do Amarante e Eusébio) e 272º colocado nacional. Na pesquisa atual, além de Sobral outros destaques na Região Norte são Jijoca de Jericoacoara em 6º lugar, Frecheirinha em 7º, Tianguá em 8º e Varjota em 9º no Estado.

“Temos uma educação de referência nacional e uma saúde com uma média superior a do estado. Em relação ao emprego e renda, estamos em uma curva sempre ascendente”, ressalta o secretário do Trabalho e Desenvolvimento Econômico de Sobral, Inácio Ribeiro. Ele destaca que foram cerca de mil novos postos de trabalho em 2017. De acordo com o secretário, o crescimento no desenvolvimento de Sobral também é responsável por alavancar as outras cidades da Região Norte. “É um processo que acaba influenciando e contagiando outros municípios da Região”, diz lembrando que postos de trabalho gerados beneficiam moradores de cidades vizinhas.

De acordo com Inácio, como Sobral é sede de uma Região Metropolitana, as ações também são pensada a nível regional voltadas aos setores primário, secundário e terciário da economia. O secretário ressaltou a vocação industrial da cidade, que é polo calçadista e atrai negócios alimentícios, de vestuário, além de produção de insumos como cerâmica, cimento e granito.

Nacional

Na média nacional, os municípios apresentam um recuo no desenvolvimento em três anos, ficando abaixo do patamar de 2013, de acordo com a Firjan. A crise econômica que atinge o Brasil reflete sobretudo o fechamento de postos formais de trabalho e a menor evolução nas áreas de Educação e Saúde em 10 anos.

O IFDM Brasil atingiu patamar moderado, com 0,6678 pontos. A vertente Emprego & Renda (E&R) puxou o índice para baixo, ao atingir apenas 0,4664 ponto, o segundo pior da série histórica, atrás apenas de 2015. O motivo foi o fechamento de vagas (quase 3 milhões a menos em 2015 e 2016) em mais da metade dos municípios brasileiros. Já a renda média registrou crescimento, em função da política de aumentos do salário mínimo, acima da inflação.

“De modo geral, a melhora do IFDM passa por uma política macroeconômica que favoreça a geração de empregos no país. Do contrário, pode inclusive se reverter em queda nas vertentes Educação e Saúde”, analisa Jonathas Goulart, coordenador de Estudos Econômicos da Federação. Segundo suas projeções, o IFDM E&R corre o risco de retornar ao patamar de 2013 somente em 2027, caso a evolução do indicador seja de 1,5% ao ano, que foi a melhor média de crescimento da série histórica, entre 2009 e 2013.

Norte e Nordeste registraram avanços, mas não a ponto de mudar o quadro de desigualdade regional do Brasil. Juntos, concentraram 96% dos municípios menos desenvolvidos. Entretanto, a proporção de cidades do Nordeste entre os 500 menores IFDMs caiu de 79,4%, em 2006, para 68%, em 2016, enquanto os do Norte saltaram de 16,6% para 28,4%, no mesmo período. (Com informações da Firjan)

Cidade do Vaticano – O Vaticano publicou nesta quarta-feira o documento aprovado pelo papa Francisco no qual pela primeira vez são explicadas as diretrizes e para a seleção das “Virgens consagradas”, mulheres que dedicam a vida à Igreja sem a necessidade de serem freiras.

O documento chamado “Ecclesiae Sponsae Imago” sobre o “Ordo Virginum”, ou seja a “Ordem das Virgens”, foi publicado hoje e tem como objetivo dar algumas indicações sobre o que a Igreja considera um “aumento” desta consagração alternativa.

O prefeito da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica e arcebispo emérito de Brasília, o cardeal João Braz de Aviz, afirmou que “em 2016, durante o ano da Vida Consagrada, uma estatística aproximada estimava a presença de mais de 5 mil virgens consagradas no mundo, em contínuo crescimento”.

Até agora, só existia o ritual de consagração das virgens, que foi renovado em 1970 durante o Concílio Vaticano, e por isso existia a necessidade de publicar um novo texto. O Vaticano também anunciou que em 2020 realizará uma reunião mundial em Roma para os 50 anos do novo “Ordo Consecrationis Virginum”.

Vaticano, 06 Jul. 18 / 09:08 am (ACI).- Na quinta-feira, 5 de julho, faleceu em Hartford (Estados Unidos) o Cardeal Jean-Louis Tauran, presidente do Pontifício Conselho para o Diálogo Inter-religioso e que, em 13 de março de 2013, anunciou a eleição do Papa Francisco. O Cardeal de 75 anos sofria da doença de Parkinson.

O Purpurado nasceu em 3 de abril de 1943, em Bordeaux (França). Estudou na Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma, no Instituto Católico de Toulouse e na Pontifícia Academia Eclesiástica de Roma.

Foi ordenado sacerdote em 20 de setembro de 1969. Em 1975, ingressou no serviço diplomático da Santa Sé. A partir daquele ano e até 1978, foi secretário da Nunciatura na República Dominicana. Entre 1979 e 1983, foi secretário da Nunciatura no Líbano. Em julho de 1983, incorporou-se como membro da equipe do Conselho para os Assuntos Públicos da Igreja.

Foi nomeado Secretário para as Relações com os Estados da Secretaria de Estado do Vaticano em dezembro de 1990 e recebeu a consagração como bispo em 6 de janeiro de 1991.

Foi criado cardeal em 21 de outubro de 2003. Participou dos conclaves de 2005 e 2013. Em 25 de junho de 2007, Bento XVI o nomeou Presidente do Pontifício Conselho para o Diálogo Inter-religioso.

Entre suas distintas missões, viajou para Riad, capital da Arábia Saudita, de 13 a 20 de abril de 2018. Foi um evento histórico por ser a primeira vez que um chefe de um dicastério do Vaticano visitava este país muçulmano, em cujo território estão Meca e Medina, dois lugares santos do islã.

No país árabe, o Cardeal Tauran pediu um bom tratamento para com os não muçulmanos e os cristãos, que “nunca devem ser considerados cidadãos de ‘segunda classe’”.

Além disso, foi o Cardeal que anunciou a eleição do Papa Francisco no conclave de 2013.

Naquele dia, lutando contra a doença de Parkinson que o afetava, pronunciou o tradicional “Habemus Papam!” (Temos Papa) diante de milhares de fiéis reunidos na Praça de São Pedro, no Vaticano.

O bispo diocesano de Sobral Dom José Luiz Gomes de Vasconcelos receberá o título de cidadania sobralense em sessão especial no Plenário 5 de julho da Câmara Municipal na próxima quarta-feira, 4, a partir das 18h. A sessão será presidida pelo vereador presidente Paulo César Lopes Vasconcelos.

Dom Vasconcelos nasceu em Garanhuns (PE), aos 12 de maio de 1963, filho primogênito de José de Vasconcelos Pontes e Marlene Gomes de Vasconcelos de uma família de seis irmãos. Antes de tomar posse como bispo titular na Diocese de Sobral em 29 de agosto de 2015, Dom Vasconcelos foi nomeado pelo Santo Padre, Papa Emérito Bento XVI, como Bispo auxiliar de Fortaleza no dia 21 de março de 2012. A Sagração episcopal por Dom Fernando José Monteiro Guimarães, Bispo de Garanhuns data do dia 11 de junho de 2012. Dom Vasconcelos foi apresentado à Arquidiocese de Fortaleza como Bispo Auxiliar em 6 de julho de 2012.

A ordenação diaconal de Dom Vasconcelos foi em 19 de agosto de 1989, domingo da Assunção de Nossa Senhora na Igreja Matriz de Águas Belas –PE e aos 09 de dezembro de 1989, foi ordenado presbítero, pela imposição das mãos de Dom Tiago Postma na Igreja matriz de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, onde fora batizado. “Todo bispo, todo padre, antes de ser padre e antes de ser bispo deve ser diácono e, uma vez diácono, deve sê-lo a vida inteira. Diácono significa servidor. Quem não vive para servir, não serve para viver”, ressalta.

Sua formação superior teve início em 1984 quando foi enviado para o Seminário Regional Nordeste II e iniciou o curso de filosofia no Instituto de Teologia do Recife – ITER. No ano seguinte, foi enviado por seu bispo diocesano Dom Tiago Postma para o Seminário Diocesano de Guarulhos (SP). Concluiu o curso de filosofia e Teologia na Faculdade de Teologia Nossa Senhora da Assunção em São Paulo em 1988. Em 2008, como aluno do Pontifício Colégio Pio Brasileiro, obteve o diploma de mestrado em Teologia Patrística e História da Teologia pela Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma e Atestado de Qualificação em Formação Vocacional pela Pontifícia Universidade Salesiana de Roma.

As férias de julho são um período de descanso para os estudantes e um tempo propício para se estar com a família. É também um momento para se refazer, fisicamente e espiritualmente, para o segundo semestre.

A Comunidade Canção Nova, em Cachoeira Paulista (SP), realiza, durante este mês de julho, uma programação voltada às famílias.

Nesta sexta-feira, 6, terá início o Acampamento para Casais, com o tema “Homem e mulher Deus os criou”, e simultaneamente haverá também um Aprofundamento para crianças.

O consultor de marketing do departamento de eventos, Rodrigo Carpanelli, afirma que esta é uma oportunidade para toda a família.

“A gente costuma dizer que férias é na Canção Nova. Então neste mês de julho a gente se programou para receber as famílias. Os pais podem trazer os filhos. As crianças de 8 a 11 anos poderão participar do Aprofundamento, mas é necessário fazer uma inscrição antecipada. Também teremos neste encontro o Canção Nova Insieme, a tradicional exposição de carros antigos, muito legal de se ver!”

No final de semana de 13 a 15 de julho acontecerá o Acampamento Curados para Amar, voltado para a cura interior, com a presença de Padre Reginaldo Manzotti e Padre Adriano Zandoná.

Juventude PHN

O ponto alto do mês de julho na Chácara de Santa Cruz será o momento com os jovens. Já no domingo dia 15 tem início a Jornada PHN, uma espécie de “esquenta” para o Acampamento PHN, que terá início na quarta-feira, 18, às 20h, com a Missa.

Carpanelli ressalta que esses três dias de preparação terão muitas atividades especiais. “A Jornada PHN está na sua segunda edição e acontecerá do dia 15 ao dia 17. Quem está com a caravana montada pode se antecipar e vir antes e participar desses momentos! Serão dias muito dinâmicos com shows na praça, trilhas, esportes radicais, dança, momentos de oração e formação”. 

20 anos do PHN

Este ano, estão sendo comemorados 20 anos de PHN, e o tema do Acampamento é “Basta que sejais jovens para que eu vos ame”, em uma referência a Dom Bosco.

“Nós temos além dos shows, e de toda programação, o lançamento do CD do Dunga, atividades paralelas, e a grande novidade desse PHN que são os workshops de música, aulas de bateria, guitarra e muitas outras novidades para os jovens que vierem”, salienta Carpanelli.

No último final de semana do mês, ainda haverá o Acampamento Livrai-nos do Mal, com as presenças de Padre Bruno Costa e Padre José Augusto, além do Pregador Ironi Spuldaro.

 

 

Apesar de ser um dos eliminados desta terça-feira (3) do "MasterChef Brasil", o padre Evandro deixou o programa com um sorriso no rosto e seu alto astral de sempre. A prova que o fez sair, inclusive, nem foi considerada um grande desafio, apesar de nunca ter encarado o protagonista: o lagostim.

"Para mim foi tranquilo. Já trabalhei com lagosta e camarão, o lagostim é um primo de primeiro ou segundo grau", declarou, despreocupado. Para ele, os outros competidores são as verdadeiras barreiras.

Um deles inclusive, é o favorito do padre. "Eu fui intenso, me dediquei ao máximo, mas o Hugo foi melhor. Não tem como competir com dentista, atento aos mínimos detalhes. Fiz o meu melhor para ir para o mezanino", disse.

Bem humorado, Evandro acha que não conquistou o coração dos três jurados. "Não sei ainda o que deu errado. A Paola gostou, o Fogaça gostou, mas o Jacquin não gostou. Foram dois votos contra um, mas acho que nesse patamar do jogo, tem que pegar os três jurados de jeito".

O competidor ainda pontua que escolheu sua forma preferida de cozinhar para garantir sua vaga. "Eu sei fazer defumação e eu queria dar o meu melhor hoje. Vim com isso na cabeça: o que for hoje, eu vou defumar. Defumei até eu, né? Estou saindo", brincou.

Sem arrependimentos, ele se orgulha da escolha que fez: "Valeu a intenção. Acho que desde o primeiro dia que entrei aqui eu vi o defumador e ninguém usou. Eu fui o primeiro, eu fui ousado, mas não deu certo".

Além disso, a experiência foi muito positiva. "Me surpreendi a cada dia. Os feedbacks dos chefs me surpreenderam muito. Uma coisa é você ser cozinheiro anônimo e fazer pratos que surpreendem seus amigos e outra coisa é surpreender o chefs, e aqui aconteceu. Estou feliz com a minha trajetória. Foi limpa, com caráter e que eu pude ser eu nos meus pratos", afirmou.

Sem deixar de lado sua função de padre, Evandro quer explorar seu lado de cozinheiro fora do MasterChef. "Vou continuar cozinhando, mas não sei como será minha 'pegada'. Tenho meu ofício, que é ser sacerdote, mas eu quero vincular isso. Ou com eventos de churrasco ou com uma linguiçaria, alguma coisa eu vou trilhar nesse caminho".

Os fãs, amigos e familiares dele não têm motivos para se preocupar. "Agora sempre vai ter um churrascão do padre", garantiu.

Sobre a torcida, o padre revela para quem vai rezar: "Meus votos sinceros e minhas orações vão para o Hugo. Estou torcendo pelo coração de ouro que ele tem e pelos princípios que ele traz como um bom cozinheiro. Vai brilhar muito".

 Resultado de imagem para padre evandro se despede do masterchef

Avenidas Pimentel Gomes e Monsenhor Aloísio Pinto passarão por obras. Ao todo serão investidos R$ 1.700.000,00 do Governo do Ceará

As ordens de serviço para requalificação viária e sinalização das avenidas Pimentel Gomes e Monsenhor Aloísio Pinto foram assinadas na pelo prefeito Ivo Gomes e o secretário chefe da Casa Civil do Governo do Estado, Nelson Martins, na manhã da quarta-feira, 27. O serviço já foi iniciado e a expectativa é de que as obras sejam concluídas em 90 dias.

Ao todo serão investidos R$ 1.700.000,00 do Governo do Ceará, por meio do Programa Sinaliza, executado pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran), órgão vinculado à Secretaria das Cidades, em parceria com a prefeitura de Sobral.

“Esse projeto atende todo o Estado e o valor do investimento é proporcional à população de cada município. Aqui em Sobral serão 50 mil metros quadrados de asfalto, além da sinalização vertical e horizontal das vias”, explicou Nelson Martins.

De acordo com o prefeito Ivo Gomes, o critério utilizado para escolha das avenidas beneficiadas foi a quantidade de veículos que passam por elas. “Como a Prefeitura já tem essa ação nos bairros, a gente optou por utilizar esse recurso em duas grandes avenidas que possuem um grande fluxo de veículos, inclusive de veículos pesados e de transporte coletivo”, justificou o prefeito.