Quinta, 07 Fevereiro 2019 10:03

Brumadinho: crianças contarão com apoio psicológico na volta às aulas

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)
Aulas nas redes municipal e estadual de ensino foram adiadas em virtude da tragédia; diretor comenta trabalho que será feito com as crianças Após a tragédia do último dia 25 em Brumadinho, que deixou até agora 150 mortos e 182 desaparecidos, as consequências ainda podem ser sentidas pelos moradores. As aulas das escolas públicas de Brumadinho, que começariam nesta quinta-feira, 7, foram adiadas, pois muitas estão localizadas em lugares inacessíveis. O retorno das férias aconteceria inicialmente na rede municipal no dia 4 de fevereiro, e já tinham sido adiadas, após uma reunião entre a Secretaria de Educação e coordenadores do município. Na rede estadual, o retorno às escolas aconteceria hoje. A previsão agora é que as aulas comecem na próxima segunda-feira, 11, em todas as escolas públicas. O Diretor da E. E. Paulina Aluotto Ferreira, Márcio Roberto de Souza explica que o motivo do adiamento também das escolas estaduais se deve ao transporte: “Os professores da rede estadual utilizam o mesmo transporte cedido pela prefeitura. A estrada está bloqueada, e eles levam os professores para a zona rural. Por isso o calendário será atualizado, das duas redes, para o mesmo dia.” Leia mais .: Todas as notícias sobre Brumadinho A rede municipal atende 6.000 alunos. Já as três escolas de rede estadual atendem 1.323 crianças e adolescentes. O diretor lembra que, além do problema do acesso de professores e alunos às escolas, também a questão emocional dos alunos têm sido discutida: “Muitos alunos perderam familiares na tragédia. Aqui na escola temos duas crianças que perderam seus pais. Muitos de nossos ex-alunos também morreram. Temos a preocupação de trabalhar o emocional com essas crianças, e para isso uma equipe de psicólogos e terapeutas estará na escola para orientar primeiro os professores, a como abordar a questão com as crianças. Além disso, na primeira semana de aula teremos esta equipe para atender aos alunos.” Souza salienta que o trabalho com os alunos deve ser feito com muito preparo e de forma delicada: “Nessa semana de acolhimento, esperamos fazer dinâmicas, rodas de conversa, discussões em grupo, responder a questionamentos. Reforçar com os alunos a importância do estudo, essa questão da responsabilidade futura. Nossa escola é integral, os alunos do ensino médio chegam às 7h e saem só 17h. Então há disciplinas como Educação para a Cidadania, Iniciação Científica, Projetos, disciplinas em que se está voltado para soluções para a sociedade.” Fonte: Canção Nova
Ler 37 vezes
Educadora 950

 A Rádio da Família Cristã