Sexta, 17 Agosto 2018 13:40

Ciência confirma: a qualidade de vida depende do seu humor

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)

Não existe um único instante do dia em que não experimentamos um humor, bom ou ruim. E a ciência tem muito a dizer sobre isso

Pesquisas recentes em neurociência e sua aplicação ao desenvolvimento pessoal mostram que somos seres emocionais com capacidade para a razão.

As emoções não são necessariamente as inimigas da razão. A crença de que alguém que usa emoções para tomar decisões – sem ter uma cabeça centrada e uma atitude puramente racional – não estaria fazendo o certo reflete uma visão incompleta dos seres humanos.

Hoje, a teoria da inteligência emocional nos lembra que as pessoas que são hiper-racionais e tentam argumentar através de suas decisões sem um componente emocional são realmente incapazes de tomar decisões corretas, precisamente porque estão incompletas.

As emoções são o contexto em que a nossa vida ocorre. Não existe um único instante do dia em que não experimentamos um humor, bom ou ruim. Nosso estado de humor ou emocional envolve aspectos físicos e mentais que mudam dependendo da nossa emoção prevalecente.

Com raiva, medo ou tristeza:

– Nosso corpo percebe um estado de perigo para sua sobrevivência, o que faz com que vários processos fisiológicos parem ou sejam alterados.

 

– Nossa circulação sanguínea é direcionada principalmente aos nossos braços e pernas, o que significa que menos sangue chega ao nosso cérebro.

– Não podemos pensar com clareza; consequentemente, nossas decisões e ações são muitas vezes incorretas.

– Nós reagimos automaticamente, então nossos pensamentos nesta situação geralmente são baseados em experiências negativas passadas.

Com emoções relacionadas ao amor e à felicidade:

– Nosso corpo e cérebro estão em um estado de harmonia, de modo que todos os nossos processos fisiológicos funcionam normalmente.

– Nosso cérebro está trabalhando com todo seu potencial, e pode tomar decisões corretas e tomar as ações adequadas.

– Nosso cérebro está trabalhando criativamente, e nossos pensamentos estão focados no aqui e agora.

Nosso humor está intimamente relacionado ao nosso bem-estar físico, e ao lidar com certas doenças, nosso estado emocional pode ser um fator determinante para melhorar nossa qualidade de vida.

Com emoções como medo, raiva e tristeza, a qualidade de nossa vida emocional é precária e pode até dar origem a certas doenças. O amor e a felicidade, pelo contrário, criam harmonia emocional e incentivam a abertura às muitas possibilidades da vida.

O humor é uma maneira de ver a realidade a partir de uma perspectiva positiva com felicidade e otimismo, permitindo minimizar a gravidade de qualquer situação.

Quando temos senso de humor, temos uma grande capacidade de criar estados de espírito positivos, tanto para nós como para outras pessoas. Ao mesmo tempo, isso pode ter uma influência positiva sobre o nosso desempenho mental e/ou físico.

O fortalecimento dos aspectos positivos de nossa vida depende, em parte, de nós. Se você quer melhorar a qualidade de sua vida pessoal e social, você pode:

– Colocar suas preocupações em perspectiva: elas são parte da vida, mas também são suas vitórias, e, ocasionalmente, você deve ter tempo para aproveitar a vitória mais recente e conceder a você mesmo tempo para descansar em um ambiente agradável.

– Reforçar a comunicação positiva: aproxime-se de pessoas com quem você tem algo em comum e converse com elas, propondo tópicos de conversa a partir do qual emergem opiniões interessantes, respeitando possíveis diferenças de opinião.

– Trabalhar por uma boa causa: fazer algo para outras pessoas irá fazer você se sentir melhor também.

– Tentar concentrar sua atenção no positivo: podemos aprender algo novo de todas as experiências – e isso é bom para nós em longo prazo.

– Não seja muito exigente consigo mesmo: realize suas responsabilidades e trabalhe com entusiasmo, mas lembre-se que o trabalho não é tudo. Você também tem uma vida para viver.

Fonte: Aleteia

Ler 94 vezes
Educadora 950

 A Rádio da Família Cristã