Talles Magno não esconde alívio após marcar: “Primeiro gol em Copa a gente nunca esquece”

Alívio. Essa foi a palavra para Talles Magno após a vitória por 3 a 0 do Brasil contra a Nova Zelândia. E ele mesmo admite que tirou um grande peso das costas ao marcar seu primeiro gol no Mundial Sub-17. Depois de passar em branco na estreia, o atacante se destacou na segunda rodada e levará a noite desta terça-feira para sempre na memória.

“Com certeza (está aliviado). O primeiro gol em uma Copa do Mundo, a gente nunca esquece. Felicidade enorme”, declarou o atacante, após a partida.

O gol do alívio nasceu de um lance de persistência e sorte. Talles pressionou o goleiro Alex Paulsen, conseguiu roubar a bola de seus pés e empurrou para as redes, em um momento no qual a Nova Zelândia ameaçava empatar. Mas o atacante não quis ficar com os méritos. O discurso de jogo de equipe está em todas as respostas.

– O gol é importante. Mas a vitória é mais importante ainda. Naquele momento eu só pensei em ajudar a minha equipe, de qualquer maneira. Se fosse segurar uma bola lá na frente. Eu não corri por correr, eu corri pela equipe. Graças a Deus a bola sobrou, o goleiro falhou, e pôde sair o primeiro gol – descreveu o camisa 11.

Talles ocupou todos os setores do ataque durante o jogo. Iniciou na ponta esquerda. Inverteu com Veron e foi para a ponta direita em um momento. Após a substituição de Kaio Jorge, ocupou o lugar de centroavante. E recuava para o meio-campo para buscar a bola por várias vezes. Se pôs à disposição. A entrega, segundo ele, não é sinal de que esteja assumindo o lugar de protagonista do time. Mas sim de se esforça por todos.

– Minha responsabilidade é do grupo todo, que me ajuda. Não sou só eu que tenho a responsabilidade, o grupo todo tem. Minha responsabilidade divido com todos eles, e eles dividem comigo. Só faço o máximo para ajudar a equipe – comentou o jogador.

O Brasil é o primeiro colocado do Grupo A, com seis pontos, mesma pontuação de Angola, mas com saldo de gols maior. As duas seleções se enfrentam nesta sexta-feira, às 20h (de Brasília), em Goiânia. Um empate dá a liderança para a seleção brasileira na primeira fase.

FONTE: GLOBO ESPORTE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*