No México, igreja sofre o segundo ataque em menos de um ano

A Paróquia de São José, no estado de Veracruz, no México, sofreu o segundo ataque em menos de um ano. De acordo com as informações, desconhecidos colocaram fogo em uma grande imagem de Cristo crucificado e no espaço reservado ao Sacrário, onde a Eucaristia é guardada. A Paróquia pertence à jurisdição da Arquidiocese de Tulancingo, estado de Hidalgo.
O ataque ocorreu por volta das 2h (horário local), em 27 de agosto, quando o pároco estava fora da cidade. Os danos incluem a imagem de quatro metros de altura do Cristo crucificado, a área do Sacrário, dois bancos, imagens e vidros quebrados. Apesar do incêndio, nem o Sacrário nem as hóstias consagradas sofreram danos.
O padre José Juan Conde González, pároco, denunciou que “trata-se do segundo ataque de ódio contra a igreja, porque não foi um assalto, não foi uma agressão, não foi um ataque contra mim, foi contra a estrutura do templo. Colocaram fogo no Cristo e voltaram a incendiar a área onde fica o Sacrário. Quiseram incendiar todos os bancos”, assinalou.
O sacerdote descartou que tenha sido uma tentativa de assalto, pois no templo permanecem os cálices, os ornamentos e até as ofertas.
O Padre Yaír Ortega, porta-voz da Arquidiocese de Tulancingo, expressou a dor da Igreja local por “este segundo ataque de ódio à fé na paróquia de Zacualpan, Veracruz. Anteriormente, já tinham queimado parte da nave central da paróquia. Pedimos pela população de Veracruz que sofre um clima de insegurança generalizada”, afirmou.

Por Marcilei Sales

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*