Teste de míssil americano vai reativar corrida armamentista, diz a China

O teste de um míssil americano de médio alcance vai reativar a corrida armamentista, criticou o governo da China, que fez um alerta contra “uma escalada de confrontos militares”.

O teste executado pelos Estados Unidos no domingo (18) na costa da Califórnia “terá graves consequências negativas para a segurança regional e internacional”, afirmou o porta-voz do ministério chinês das Relações Exteriores, Geng Shuang.

A revelação sobre o teste foi feita por meio de um comunicado do Pentágono na segunda-feira (19). Foi o primeiro teste desse tipo desde que os EUA abandonaram o tratado de desarmamento nuclear INF, assinado nos últimos anos da Guerra Fria. Os Estados Unidos saíram do acordo porque, segundo o país, a Rússia descumpria o tratado, o que o Kremlin nega.

O teste aconteceu na ilha de San Nicolas, na Califórnia. Um míssil atingiu seu alvo depois de percorrer mais de 500 km.

FONTE: G1, Foto: Rodrigo Sanches/G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*